Carregando Eventos

« Todos Eventos

Defesa de Dissertação de Mestrado — Isabelle Taira Simões

julho 23 @ 14:00 - 17:00

Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas

Isabelle Taira Simões

Estudos de enzimas P450 da família CYP145 capazes de promover a descarboxilação de ácidos graxos​

Auditório da FCF

Presidente
Drª Leticia Maria Zanphorlin Murakami — LNBR / CNPEM

Membros titulares
Profª Drª Danielle Biscaro Pedrolli — FCFAr / Unesp
Drª Priscila Oliveira de Giuseppe — LNBR / CNPEM

Membros suplentes
Dr. Célio Cabral Oliveira — LNBR / CNPEM
Drª Cíntia Regina Sargo — LNBR / CNPEM
Drª Mariana Abrahão Bueno de Morais — LNBR / CNPEM

Resumo
Nos últimos anos, a urgência em se desenvolver alternativas mais sustentáveis para a substituição de derivados de petróleo tem crescido consideravelmente. Essa demanda é impulsionada por fatores como a flutuação do preço do petróleo bruto, redução irreversível das reservas, rápido aumento da demanda global de energia, além das preocupações relacionadas ao desequilíbrio ambiental gerado pela extração e utilização dessas substâncias. Portanto, o estudo aprofundado de rotas biológicas capazes de realizar a produção de hidrocarbonetos, componentes majoritários do petróleo, a partir de matéria prima vegetal se torna uma interessante opção. A descoberta de peroxigenases P450 ganhou notoriedade devido à capacidade destas de catalisar a síntese de alcenos com uma dupla ligação no carbono α a partir da reação de descarboxilação de ácido graxo livre. Apesar disso, ainda pouco se sabe sobre essas proteínas, denominadas OleTs, e alguns desafios precisam ser superados, como a obtenção de enzimas com atividade preferencial de descarboxilação sobre a hidroxilação, visto que peroxigenases P450 podem catalisar ambas reações. Nesse sentido, a compreensão dos mecanismos de reação das descarboxilases P450, assim como a descoberta de diferentes enzimas com esta atividade, são cruciais para o desenvolvimento de novas tecnologias. A presente dissertação propôs, portanto, a investigação aprofundada de novas peroxigenases P450 putativas com possíveis funções descarboxilases e suas aplicações na produção in vitro e in vivo de alcenos. As enzimas investigadas foram selecionadas a partir de análises in-silico por meio de redes de similaridade de sequências (SSN), em que clusteres isofuncionais foram definidos e utilizados como nichos para a busca de peroxigenases com atividade de descarboxilação. Os dados obtidos a partir de caracterizações bioquímicas indicou que as enzimas estudadas apresentam especificidades diferentes entre elas e outras reportadas na literatura. Como destaque, a peroxigenase de Aeromicrobium yanjiei (OleTAer), de um cluster nunca explorado, demonstrou grande capacidade descarboxilase, com taxas de conversão de diferentes ácidos graxos e que superam, inclusive, enzimas já descritas na literatura. Esse dado possibilitou a utilização dessa OleT na construção de cepas da levedura oleaginosa Yarrowia lipolytica para a produção in vivo de alcenos. O presente trabalho demonstrou, portanto, o potencial das enzimas descarboxilases da família CYP152 para a produção sustentável (in vitro e in vivo) de hidrocarbonetos a partir de ácidos graxos.

Detalhes

Data:
julho 23
Hora:
14:00 - 17:00
Categorias de Evento:
, ,

Local

Auditório da FCF
Rua Candido Portinari 200
Campinas, São Paulo 13083-871 Brasil