A Faculdade de Ciências Farmacêuticas

Faculdade de Ciências Farmacêuticas — FCF é a unidade de ensino, pesquisa e extensão mais jovem da Universidade Estadual de Campinas, instituída pela Deliberação CONSU-001/2014, de 25 de março de 2014.

Sua criação é, portanto, posterior ao início das atividades do curso de graduação em Farmácia, criado pela Deliberação CONSU-586/2002, com o oferecimento de 40 vagas a partir do 1º semestre de 2004. O novo curso atraiu, já no primeiro vestibular, 1842 candidatos (relação candidato/vaga de 46,1 na primeira fase).

Deliberação CEPE-491/03 definiu a composição da primeira Comissão de Graduação do curso, aprovando também que sua coordenação se daria mediante a realização de rodízios anuais entre o Instituto de Biologia, a Faculdade de Ciências Médicas e o Instituto de Química, unidades responsáveis pelo oferecimento do curso naquele momento, juntamente com o Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas. Em seguida, a Deliberação CEPE-49/07 estabeleceu que o rodízio entre as Coordenações passaria a ser bienal, ocorrendo dessa forma até a criação da Faculdade, em 2014.

Iniciando suas atividades em instalações provisórias, no Ciclo Básico II, foram adotadas as providências para funcionamento e institucionalização da FCF, como formalização de seu Colegiado Provisório e Comissões e elaboração de seus respectivos regimentos e demais normas relacionadas ao corpo docente e funcionamento da Unidade, em atendimento às normas vigentes na Universidade.

Atualmente, a comunidade da Faculdade é composta por um corpo docente de 17 professores, um quadro de 17 funcionários, e um corpo discente de 268 estudantes de graduação e 103 estudantes de pós-graduação.

Desde 1º de março de 2017, a FCF está instalada em sede própria à Rua Candido Portinari, 200.