Disciplinas de Pós-Graduação — 1º Semestre de 2022

Disciplinas oferecidas no 1° Semestre de 2022

CF001 — Éica e Bioética

INÍCIO DAS AULAS EM 22/03

Créditos: 2

Turma: A

Período de Oferecimento: 1º Semestre de 2022

Horário: Terças-feiras das 16h às 18h

Local/Sala: Ciclo Básico — a confirmar

Vagas: 25

Mínimo de alunos: 01

Responsável: Prof. Dr. João Ernesto de Carvalho

Aceita Estudantes Especiais: sim

Ementa: Os constantes avanços da ciência biomédica têm introduzido, nas últimas décadas, dilemas éticos de elevada complexidade e importância para a sociedade. A pesquisa com células tronco embrionárias, com organismos geneticamente modificados, o uso de animais de laboratório em pesquisas, a pesquisa com crianças e incapazes, são alguns exemplos. Dessa forma, o curso irá discutir as diversas questões éticas da pesquisa biomédica envolvendo seres humanos, animais de laboratório, embriões, doação de órgãos e de sangue, aborto, eutanásia, bem como os aspectos éticos que envolvem a indústria farmacêutica.

Bibliografia

Angell, M. (2004) The truth about the drug companies. Random House Trade Paperbacks, New York

Caplan, A.L. (1992). Quando a medicina enlouqueceu. A bioética e o holocausto. Instituto Piaget, Lisboa

Guilhen, D e Zicker, F. (2007). Ética na pesquisa em saúde: avanços e desafios;

Segre, M e Cohen, C. (2008). Bioética. 3ª.ed.rev. Edusp – Editora da Universidade de São Paulo

Vázquez, A.S. (2012). Ética. 34ª.ed.Civilização Brasileira, Rio de Janeiro

Veatch, R.M. (2014). Bioética. 3ª. ed. Pearson Education do Brasil, São Paulo

CF003 – Seminários Gerais

INÍCIO DAS AULAS EM 14/03

Créditos: 2

Turma: A

Período de Oferecimento: Todo o 1º Semestre de 2022

Horário: Segundas-feiras das 9h às 11h

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica — Sala EB01

Vagas: 30

Mínimo de alunos: 03

Responsável: Prof. Dr. Marcelo Lancellotti

Aceita Estudantes Especiais: sim

Ementa: Convidados externos, docentes e alunos do curso apresentarão seminários sobre sua pesquisa.

Bibliografia: a ser recomendada durante as aulas

CF011 — Formulação de Produtos Cosméticos e Cosmecêuticos

INÍCIO DAS AULAS EM 16/05

Créditos: 2

Turma: A

Período de Oferecimento: 2ª metade do 1º semestre

Dias: 16/05, 18/05, 24/05, 25/05, 26/05, 01/06, 02/06

Horário: 13h às 17h20

ATENÇÃO: CONSIDERAR O HORÁRIO INFORMADO NESTA PÁGINA, NO RELATÓRIO DO SIGA/DAC SAIRÁ HORÁRIO DIFERENTE

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica

16/5 segunda-feira EB01
18/5 quarta-feira EB01
24/5 terça-feira Palestra — Auditório Daniel Hogan (EB)
25/5 quarta-feira Anfiteatro da CPG — FCM
26/5 quinta-feira Anfiteatro da CPG — FCM
30/5 segunda-feira EB01
1/6 quarta-feira EB01

Vagas: 8

Mínimo de alunos: 3

Docentes: Profª Drª Gislaine Ricci Leonardi e Profª Drª Karina Cogo Müller

Aceita Estudantes Especiais: Não

Ementa: Conceitos, fundamentos e evolução da Ciência Cosmética. Apresentação e discussão das Formas cosméticas. Sistemas de liberação prolongada para aplicação cosmética.

Bibliografia:

KE, C. Recents advances in nanotechnology. Apple Academic Press. December 14th 2011.

DUMITIU, S.; POPA, V. Polymeric Biomaterials. Medicinal and Pharmaceutical applications. CRC Press. January 16th 2013.

Leonardi, G. R.; Spers, V. R. E. (Org.). Cosmetologia e Empreendedorismo: Perspectivas para a Criação de Novos Negócios. 1. ed. São Paulo: Pharmabooks, 2015. v. 1.

Costa, A. Tratado Internacional de Cosmecêuticos, GUANABARA KOOGAN, 2012.

Periódicos: Anais Brasileiros de Dermatologia, International Journal of Cosmetic Science, Journal of Cosmetic Science, Journal of Drugs in Dermatology

CF023 – Métodos Espectrométricos de Análises UV, IV, RMN1H, RMN13C e Espectrometria de Massas

INÍCIO DAS AULAS EM 17/03

Créditos: 6

Turma: A

Período de Oferecimento: 1º Semestre de 2022

Horário: Terças-feiras das 8h às 12h e Quintas-feiras das 8h às 10h

ATENÇÃO: CONSIDERAR O HORÁRIO INFORMADO NESTA PÁGINA, NO RELATÓRIO DO SIGA/DAC SAIRÁ HORÁRIO DIFERENTE

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica — Sala EB03

Vagas: 5

Mínimo de alunos: 1

Responsável: Profª Drª Mary Ann Foglio

Aceita Estudantes Especiais: Não

Ementa: Introdução: A espectroscopia no controle da análise de fármacos e medicamentos. Diferenciação e aplicação das técnicas espectrométricas: EM, UV-VIS, IV e RMN; Espectroscopia no UV-VIS e no IV: Princípios, base teórica, instrumentação e técnicas mais usuais, correlação entre estrutura química e absorção de grupos funcionais, análise qualitativa e quantitativa de compostos orgânicos; Espectrometria de massas: Principais técnicas e instrumentação, reações de ionização, fragmentação e rearranjo. Análise de compostos orgânicos com fragmentações características no EM; Ressonância Magnética Nuclear: Princípios da RMN contínua e pulsada, instrumentação, base teórica, deslocamento químico constante de acoplamento, análise qualitativa de compostos de interesse farmacêutico; Aplicação conjunta dos métodos espectrométricos no UV-VIS, IV, de massas, de RMN 13C e RMN 1H na análise de fármacos e medicamentos.

Bibliografia: Roger G. Linington, Philip G. Williams and John B. MacMillan, Problems in Orgsnic Structure Determination, A pratical approach to NMR spectroscopy, 2016, Taylor & Francis Group; SILVERSTEIN, R. M.; BASSLER, G. C. e MORRILL, T. C. Spectrometric identification of organic compounds, 5. ed., New York: John Wiley and Sons, 1991; Artigos Científicos de Periódicos.

CF042 — Princípios Básicos da Cultura de células

INÍCIO DAS AULAS EM 19/05

 Créditos: 4

Turma: A

Período de Oferecimento: 2ª parte do 1º semestre de 2022

Horário:  Terças-feiras e Quintas-feiras das 14h às 18h

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica – Sala EB01

Vagas: 20

Mínimo de alunos: 05

Responsável: Profª Drª Ana Lúcia Tasca Gois Ruiz

Aceita Estudantes Especiais: sim

Ementa: Através da revisão dos aspectos teóricos da instalação, manutenção e experimentação da cultura de células, espera-se ajudar os alunos a fazer melhor uso desta ferramenta de estudo versátil e importante.

Bibliografia:

  1. Freshney, R. Ian, Culture of animal cells: a manual of basic technique. 6th Ed. Hoboken, NJ: Wiley-Blackwell, 2010.
  2. Davis, J. M. (Ed.). Animal Cell Culture: Essential Methods. John Wiley & Sons, Ltd. 2011.
  3. Stoddart, M. J. Mammalian cell viability – Methods and protocols. Methods in Molecular Biology, vol. 740, Humana Press, New York (2011)
  4. Carmem Maldonado Peres, Rui Curi. Como cultivar células. Rio de Janeiro, RJ : Guanabara Koogan, 2005.

CF043 — Tópicos Especiais em Ciências Farmacêuticas
Obtenção e purificação de produtos biotecnológicos

INÍCIO DAS AULAS EM 15/03

 

Créditos: 2

Turma: AML

Período de Oferecimento: 1ª Parte do 1º Semestre de 2021

Horário: Terças-feiras e quintas-feiras das 14h às 16h

Local/Sala:  Prédio da Engenharia Básica – Sala EB01

Vagas: 15

Mínimo de alunos: 04

Responsável: Prof. Dr. André Moreni Lopes

Aceita Estudantes Especiais: sim

Dinâmica da disciplina: aulas expositivas, estudos dirigidos com problemas, situações e desafios reais de rotina do laboratório. Algumas aulas poderão ser ministradas por Professores/Pesquisadores convidados.

Ementa: 1. Fornecer aos alunos de Pós-Graduação o conhecimento sobre a obtenção e purificação de produtos biotecnológicos. 2. Propiciar aos alunos o aprimoramento do seu trabalho experimental de Pós-Graduação (mestrado e doutorado) visando publicação científica, bem como na sua atuação no campo profissional.

Conteúdo programático resumido: 1. Introdução geral; 2. Upstream process; 3. Downstream process; 4. Processos de rompimento celular; 5. Processos de baixa resolução; 6. Processos de alta resolução; 7. Monitoramento do processo; entre outros.

Referências

COLLINS, C.H.; BRAGA, G.L.; BONATO, P.S. Introdução a métodos cromatográficos. Campinas, Editora da Unicamp, 1990, 279p.

DESAI, M.A. Downstream processing of proteins: methods and protocols. vol. 9. Springer Science & Business Media, 2000.

HARRIS, E.L.V.; ANGAL, S. Protein purification methods: a practical approach. Oxford, IR Press, 1994, 317p.

JANSON, J.C. ed. Protein purification: principles, high-resolution methods, and applications. vol. 151. John Wiley & Sons, 2012.

KILIKIAN, B.V.; PESSOA-JR, A. Purificação de Produtos Biotecnológicos. In: SCHMIDELL, W.; LIMA, U.A; AQUARONE, E.; BORZANI, W. Biotecnologia Industrial: Engenharia Bioquímica, 1a ed, São Paulo, Ed. Edgard Blücher Ltda, 2001, pp. 493-520.

KIRK-OTHMER. Separation Technology. 2nd ed. BAILEY, J.; PIDGEON, S. ed. New Jersey, John Wiley & Sons Inc., 2008, vol. 1, 1168p.

MAZZOLA, P.G.; LOPES, A.M.; HASMAN, F.A.; JOZALA, A.F.; PENNA, T.C.V.; MAGALHAES, P.O.; RANGEL-YAGUI, C.O.; PESSOA-JR, A. Liquid-liquid extraction of biomolecules: an overview and update on the main techniques. Journal of Chemical Technology and Biotechnology, v. 83, p. 143-157, 2008.

PESSOA-JR, A.; KILIKIAN, B.V. Purificação de Produtos Biotecnológicos. Ed. Manole: Barueri. 444p. 2005.

SANTOS, J.H., COSTA, I.M., MOLINO, J.V., LEITE, M.S., PIMENTA, M.V.,

COUTINHO, J.A., PESSOA, A., VENTURA, S.P., LOPES, A.M., MONTEIRO, G. Heterologous expression and purification of active L-Asparaginase I of Saccharomyces cerevisiae in Escherichia coli host. Biotechnology progress, 2017.

WALLS, D.; COONEY, G.; LOUGHRAN, S.T. A synopsis of proteins and their purification. Protein Chromatography: Methods and Protocols, p. 3-14, 2017.

Referências complementares

Banco de teses e dissertações da UNICAMP, USP e UNESP, entre outras.

E-books disponíveis na web.

Jornais

Biotechnology and Bioengineering

Applied Microbiology and Biotechnology

Journal of Chemical Technology and Biotechnology

Separation and Purification Technology

Journal of Chromatography A

Journal of Chromatography B

 

 CF043 — Tópicos Especiais em Ciências Farmacêuticas Estrutura e Função de Proteínas

INÍCIO DAS AULAS EM 16/03

 

Créditos: 02

Turma: I

Período de Oferecimento: Todo o 1º Semestre de 2022

Horário: Quartas-feiras das 10h às 12h

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica – Sala EB01

Vagas: 20

Mínimo de alunos: 01

Responsável: Prof. Dr. Ivan Rosa e Silva

Aceita Estudantes Especiais: Sim

Ementa: Estrutura primária de proteínas e alinhamento de sequências de aminoácidos. Introdução à evolução  de proteínas. Estrutura secundária, terciária e quaternária de proteínas. Base de dados de estruturas de  proteínas e visualização de estrutura de proteínas. Métodos de predição de estrutura secundária, terciária e  quaternária de proteínas. Introdução à dinâmica molecular de proteínas. Atracamento (docking) molecular. Relação estrutura-dinâmica-função de proteínas. Introdução a redes de interação de proteínas.

Objetivos: Estudar os princípios básicos de estrutura e dinâmica de proteínas, e a relação com sua função biológica. Exemplificar com mecanismos de ação de enzimas, proteínas estruturais, proteínas de membrana  e vírus. Introduzir os princípios básicos de alinhamento de sequências de aminoácidos, identificação de  padrões, e predição de estrutura secundária, terciária e quaternária de proteínas. Adquirir conhecimentos a  respeito de reconhecimento molecular entre proteínas e seus ligantes biológicos, e introduzir os princípios  básicos de atracamento (docking) molecular. Introduzir o conceito de redes de interação entre proteínas.

Avaliação: Listas de exercícios e um trabalho.

Cronograma:

(aulas teóricas e/ou práticas)

– Aula 1:

A composição química da matéria viva

– Introdução às macromoléculas biológicas

– Modularidade de sistemas biológicos

– Introdução a conceitos de termodinâmica de sistemas biológicos

Bibliografia básica: Bioquímica, Voet

– Aula 2:

Fluxo da informação biológica – Do gene à proteína

– Dogma Central da Biologia Molecular

– O uso do código genético em diferentes organismos

Bibliografia básica: Bioquímica, Voet

– Aula 3:

Propriedades conformacionais de uma proteína

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze

– Aula 4:

Alinhamento de sequências de aminoácidos

Reconhecimento de padrões com sequências consenso e critérios de confiabilidade em  alinhamentos de sequências.

Predição de sítios de modificação pós-traducional de proteínas.

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

– Aula 5:

Evolução de proteínas

Proteínas homólogas, análogas, parólogas e ortológas

Conceito de famílias e superfamílias

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

– Aula 6:

Hierarquia da estrutura de proteínas

SCOP e CATH

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze

– Aula 7:

Predição de estrutura de proteínas

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

– Aula 8:

Introdução à Dinâmica de proteínas

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

– Aula 9:

Atracamento (docking) molecular e introdução ao planejamento de fármacos baseado na estrutura  do alvo macromolecular

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

– Aula 10:

Relação Estrutura-Dinâmica-Função: Enzimas

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze / Bioquímica, Voet

– Aula 11:

Relação Estrutura-Dinâmica-Função: Interação Proteína-DNA e Proteína-RNA

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze / Bioquímica, Voet

– Aula 12:

Relação Estrutura-Dinâmica-Função: Proteínas de Membrana

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze /Bioquímica, Voet

– Aula 13:

Relação Estrutura-Dinâmica-Função: Proteínas Estruturais e agregados de proteínas  Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze / Bioquímica, Voet

– Aula 14:

Relação Estrutura-Dinâmica-Função: Vírus

Bibliografia básica: Introdução à Estrutura de Proteínas, Branden e Tooze / Bioquímica, Voet

– Aula 15:

Redes de interação entre proteínas

Proteínas no contexto celular

Bibliografia básica: Bioinformática: da Biologia à Flexibilidade Molecular, Hugo Verli

CF055 — Tópicos em Tecnologia Farmacêutica e Sistemas de Liberação

INÍCIO DAS AULAS EM 19/5

Créditos: 03

Turma: A

Período de Oferecimento: 2ª parte do 1º semestre de 2022

Horário:  Quartas-feiras das 08h às 10h e Quintas-feiras das 08h às 12h

Local/Sala: Prédio da Engenharia Básica – Sala EB01

Vagas: 10

Mínimo de alunos: 03

Responsável: Profª. Laura de Oliveira Nascimento

Aceita Estudantes Especiais: Não

Ementa: Estudo de tecnologias inovadoras para a administração de fármacos, baseadas na veiculação, liberação modificada e direcionamento específico. As tecnologias serão estudadas e discutidas, desde a sua fundamentação fenomenológica, até o processo e aplicação.

Bibliografia:

– Deen,W.M. Analysis of Transport Phenomena. Oxford University Press, New York,1998. – Datta, A.K. Biological and Bioenvironmental Heat and Mass Transfer, CRC Press 2002 – Truskey, G.A., Yuan, F. & Katz, D. F. Transport Phenomena in Biological Systems, 2/E – Lasic, D.D. Liposomes in Gene Delivery. Boca Raton-Florida:CRC Press, 1997. 295 p. – Nicholas A. Kotov (ed.), Nanoparticle assemblies and superstructures Boca Raton : Taylor and Francis, 2006. -Gregoriadis, G. (ed), Liposome technology : entrapment of drugs and other materials, 2nd. ed . Boca Raton : CRC, c1993 – Farmacopéia Brasileira. 4. ed. São Paulo: Atheneu, 1988. Pt. 1. – Harbone, J.B. Phytochemical methods.London: Chapman e Hall, 1998. – The United States Pharmacopoeia. 29. ed. Rockville: United States Pharmacopeial Convention, Easton: Merck, 2006. – Ansel, H.C., Popovich, N.G., Allen, Jr., L.V. Pharmaceutical dosage forms and drug delivery systems. 8ª .ed., Porto Alegre, Artmed, 2007, 776p. – Artigos recentes de periódicos científicos.

CF067 —Métodos Analíticos Modernos Aplicados à Análise de Fármacos e Produtos Bioativos

INÍCIO DAS AULAS EM 15/03

 

Créditos: 04

Turma: A

Período de Oferecimento: Todo o 1º semestre de 2022

Horário: Terças-feiras das 14h às 18h

ATENÇÃO: CONSIDERAR O HORÁRIO INFORMADO NESTA PÁGINA, NO RELATÓRIO DO SIGA/DAC SAIRÁ HORÁRIO DIFERENTE

Local/Sala: Instituto de Biologia / Sala IB22

Vagas: 10

Mínimo de alunos: 4

Responsável: Profª Drª Alexandra Christine Helena Frankland Sawaya

Aceita Estudantes Especiais: Sim

Ementa: Apresentar os principais métodos cromatográficos usados para separar compostos de interesse farmacêutico. Discutir as aplicações e restrições dos métodos de detecção mais usados para os métodos cromatográficos.  Analisar a aplicação de modernas técnicas cromatográficas hifenadas com espectrometria de massas no estudo de compostos bioativos. Apresentar a metodologia usada em estudos metabolômicos.

Bibliografia:

  • H. Collins, G. L. Braga, P. S. Bonato (2006) Fundamentos de cromatografia, Editora da Unicamp.
  • M. Silverstein, F. X. Webster, D. J. Kiemle, Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos – Editora LTC.
  • Hoffmann, V. Stroobant, Mass Spectrometry: Principles and Applications, (2007) Ed. John Wiley &Sons.
  • Artigos ligados aos temas abordados.