Colação de grau do 1º semestre de 2023

109

A sessão solene de colação de grau dos formandos do curso de graduação em Farmácia do primeiro semestre de 2023 foi realizada na tarde da sexta-feira, 1º de setembro de 2023, no Auditório da Adunicamp, e teve a presença de seus familiares e amigos, além de docentes e funcionários da Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

Após o juramento proferido pela acadêmica Larissa Silva Fernandes Cangussú, a Profª Drª Priscila Gava Mazzola, diretora associada da FCF, que presidiu a cerimônia, outorgou o grau de farmacêutico aos formandos presentes.

Em seu discurso, a orador da turma Iago Bretas Righi relembrou que poucos estudantes concluem o ensino médio com o desejo de se tornarem farmacêuticos, ainda que essa seja uma profissão muito importante e nobre. Brincou também com o fato de que os familiares e amigos, desde o primeiro semestre do curso, procuram para tirar dúvidas sobre o uso de medicamentos. Agradeceu os professores e os funcionários da FCF.

A Profª Drª Karina Cogo Müller, paraninfa da turma, a Profª Drª Wanda Pereira Almeida, coordenadora do curso de graduação e patronesse da turma, a Profª Drª Laura de Oliveira Nascimento, professora homenageada, e o Prof. Dr. Paulo Cesar Pires Rosa, coordenador associado do curso de graduação, dirigiram suas mensagens aos novos farmacêuticos.

Finalmente, a farmacêutica do Instituto de Biologia da Unicamp Érika Ferraresso dos Anjos, delegada regional da Seccional de Campinas do Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo, anunciou a farmacêutica Lara de Oliveira Rodrigues como ganhadora do Prêmio Paulo Minami.

494 farmacêuticos

A primeira turma do curso de Farmácia da Unicamp concluiu o curso em 2008 e colocou grau no início 2009. Desde então, a Universidade já formou 414 farmacêuticas e 80 farmacêuticos, totalizando 494 profissionais que ocupam diversas posições no mercado de trabalho. A lista completa está publicada na página da Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

Artigo anteriorCurso de difusão Gliomas: da biologia molecular às abordagens terapêuticas
Próximo artigoProfessora da FCF discute cannabis terapêutica na ExpoCannabis