Início Autores Posts por rafael

rafael

167 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Unicamp desenvolve novo teste de covid-19 totalmente nacional

Inédito no mundo, ele detecta a doença e aponta o grau dela: leve, médio ou grave

O coordenador do Laboratório Inovare de Pesquisa da Unicamp, professor e cientista Rodrigo Ramos Catharino: “O fato dessa tecnologia ser totalmente brasileira enche-me de orgulho” (Ricardo Lima)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveu, com tecnologia 100% nacional, um novo teste para detecção de covid-19 inédito em todo o mundo que, além de diagnosticar a doença, aponta o grau da enfermidade – leve, médio ou grave. A principal vantagem e avanço em relação aos exames hoje disponíveis, que indicam se o paciente é positivo ou negativo, é a de permitir a administração imediata do tratamento mais adequado, o que contribui para salvar vidas.

O novo teste, elaborado pelo coordenador do Laboratório Inovare de Pesquisa da Unicamp, professor e cientista Rodrigo Ramos Catharino, é baseado na análise do plasma (sangue). A tecnologia está pronta para ser disponibilizada a laboratórios e hospitais, com a sua introdução no mercado a depender do interesse desses agentes. O exame é apresentado em um momento em que o Brasil atravessa a quarta onda de covid-19 e, há duas semanas seguidas, tem alta na média de mortes. O país registrou na última quinta-feira 297 novas vítimas fatais, com média diária de 237, alta de 26% em comparação a média de 14 dias atrás.

O Brasil registrou na segunda-feira (11) 155 mortes pela covid-19 em 24 horas, totalizando 673.814 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 245. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +17% e indica tendência de alta pelo 18º dia seguido.

“O fato dessa tecnologia ser totalmente brasileira enche-me de orgulho”, afirma Catharino. O diagnóstico da covid-19 e o grau de gravidade são definidos a partir da análise da mudança das características do sangue do paciente, com o resultado saindo em até um minuto. 

O exame inédito foi desenvolvido a partir do uso do espectrômetro de massa, equipamento de alta tecnologia, que funciona como uma balança molecular, com base na equação física. Ele dá um resultado extremamente preciso e indica a presença de materiais estranhos na amostra analisada. A detecção ocorre usando-se uma amostra de sangue de um paciente, o que permite definir um indicador das características. O diagnóstico e o grau da enfermidade são definidos segundo as mudanças verificadas em relação a essa referência. 

“O espectrômetro apresenta o resultado, que é uma sequência de números. A partir das análises desses números, é possível verificar as diferenças existentes. Quanto mais números aparecem, mais possibilita a identificação do que é essa diferença”, explica o cientista. 

Impressão digital

Isso permitiu criar um modelo para o desenvolvimento do novo teste. “Usamos a tecnologia de fingerpriting (impressão digital, em inglês) e o exame mostra as variações que ocorrem nessa impressão”, explica o coordenador do Inovare. De acordo com ele, a proposta é a de que a nova tecnologia tenha a sua patente difundida, de modo que a metodologia seja aplicada por todos os laboratórios e hospitais interessados.

Catharino já trabalha no desenvolvimento de uma versão desse teste para a comercialização em farmácias, como já ocorre com os autotestes de covid-19 disponíveis no mercado. O professor da Unicamp evita, porém, fazer qualquer previsão de quando deverá estar disponível para o público. Segundo ele, o lançamento dependerá do interesse dos laboratórios no produto. O cientista acrescenta que a nova tecnologia também servirá de base para o desenvolvimento de exames para outras doenças, abrindo um grande leque de possíveis novos testes no futuro.

O novo teste é a terceira tecnologia desenvolvida pelo Laboratório Inovare envolvendo a covid-19, que passou a ser o principal foco de estudos nos últimos dois anos, em virtude da pandemia que atingiu o mundo. Uma delas é a definição de novos protocolos de tratamentos para pacientes durante o colapso do sistema de saúde de Manaus, no início de 2021, quando houve uma explosão dos casos da doença na capital amazonense. 

“Fizemos o acompanhamento em tempo real dos pacientes e analisamos os resultados dos vários medicamentos usados isoladamente e em conjunto. A partir daí, verificamos quais eram os mais eficientes e foram definidos novos protocolos de tratamento”, explica Catharino. 

A outra tecnologia é uma fita para identificar os casos positivos da covid sem a necessidade de coleta de amostra de sangue ou de muco nasal, que são os métodos usados hoje.

A fita é colocada na nuca da pessoa e o resultado sai rapidamente. Porém, essa tecnologia não chegou ao mercado. Para o coordenador do Inova, a pandemia e a necessidade de se encontrar soluções rapidamente para salvar vidas deram origem a um “boom tecnológico” na área médica, com o desenvolvimento de novos tratamentos, como as vacinas e medicamentos. “Isso foi o ‘start’ de novas tecnologias que serão aproveitadas nos próximos anos”, afirma Catharino.

Edimarcio A. Monteiro/ edimarcio.augusto@rac.com.br

13/07/2022 às 09:00.
Atualizado em 13/07/2022 às 09:00

Matéria da Correio Popular: Leia também no site do jornal.

Calourada 2022

Prezada Comunidade FCF

A Calourada Unicamp 2022 está chegando e receberemos os novos estudantes com atividades que estão sendo programadas pelas unidades, pela PRG e pelos órgãos de serviços da Universidade. Receberemos também os alunos de 2021 que estão chegando pela primeira vez ao campus. No dia 14 de março acontecerá a abertura oficial organizada pela PRG com a recepção dos ingressantes no CDC (Centro de Convenções) com as boas vindas da Reitoria e posteriormente atividades programadas durante o dia todo. No dia 15 de março acontecerá a recepção das unidades, organizada para os nossos alunos pela Recepção de Calouros da FCF! E teremos a Calourada estendida para todo o mês de março. Participem! Esse é um momento de integração e de comemoração aos estudantes que acabam de entrar na UNICAMP. Link: https://www.prg.unicamp.br/calourada-2022/ Acompanhem a programação da Calourada. A Coordenação de Graduação da Farmácia deseja boas vindas aos novos estudantes de 2021 e 2022!

TCC 2º semestre de 2021

Data da

Apresentação

Aluno Orientador Título Link
16/11 – 14hs Elizabeth Cristina Souza Silva Daniel Fabio Kawano Eficácia e segurança de drogas antirreumáticas modificadoras de doença (DMARDs) no tratamento da artrite reumatoide: Uma revisão da literatura. meet.google.com/cyo-uqwi-kvb
17/11 – 8h30 Isadora Marques Brait Garros Gislaine Ricci Leonardi Avaliação do impacto do Instagram como ferramenta de Ensino e Extensão para a Universidade meet.google.com/mnx-erky-qqi
17/11 – 9hs Gabriel Amoroso de Castro Daniel Martins de Souza Reposicionamento de fármacos para esquizofrenia utilizando medicina de redes meet.google.com/pdp-fbbd-zwo
18/11 – 9hs Luiz Phellipe Pozzuto Borelli Priscila Gava Mazzola Incorporação e liberação de ativo em membrana de nanocelulose bacteriana para tratamento de infecções tópicas meet.google.com/xaz-hqna-dza
18/11 – 9hs Julia Migliani Lellis Gislaine Ricci Leonardi EFICÁCIA DE ATIVOS EM DESODORANTES BRASILEIROS SEM INGREDIENTES ANTIPERSPIRANTES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA meet.google.com/gxi-mrtf-zsj
19/11 – 10hs Ítalo Caetano Canevari Da Silva Wanda Pereira Almeida Estudos in silico de sulfonamidas lipofílicas como potenciais inibidores da agregação da α-sinucleína meet.google.com/hdd-vnnk-tac
19/11 – 14hs Beatriz Jacyntho Siqueira Marcelo Lancellotti Revisão sobre infecções causadas por Rickettsia rickettsii em humanos – Uma verificação de técnicas diagnósticas e epidemiológicas meet.google.com/pdk-nbqj-jic
19/11 – 14hs Júlia Cândida Pinto Mary Ann Foglio Potencial do uso de Plantas Medicinais no tratamento de Candidíase meet.google.com/tyv-fset-whi
22/11 – 9hs Mayra Caroline Cunha Câmara André Moreni Lopes Estudo do efeito de diferentes parâmetros envolvidos na obtenção de polimerossomos via método de hidratação de filme polimérico fino meet.google.com/szw-beay-jet
22/11 – 14hs Caroline Nunes Ferreira Gislaine Ricci Leonardi Óleo de oliva ozonizado: características, estabilidade e eficácia em diferentes texturas e concentrações para uso cosmético meet.google.com/eqn-psdy-gtj
22/11 – 14hs Larissa Brito Bastos Fernanda Loureiro de Andrade Orsi “Evolução da terapêutica farmacológica para os casos graves de COVID-19 e seu impacto nos desfechos clínicos dos pacientes durante a primeira onda da epidemia em Campinas, SP”. meet.google.com/iva-xqrj-acn
22/11 – 16hs Mariana Real Bispo Medeiros Patricia Moriel ASSOCIAÇÃO ENTRE POLIMORFISMOS GENÉTICOS NA ENZIMA DIHIDROPIRIMIDINA DESIDROGENASE E A OCORRÊNCIA DE REAÇÕES ADVERSAS EM PACIENTES EM USO

DO ANTINEOPLÁSICO ORAL CAPECITABINA

meet.google.com/rwa-kvbo-yrc
24/11 – 9hs Isabela Bruno Allegretti Andre Almeida Schenka Efeitos do sistema 4-sulfocalix[6]areno sobre marcadores de células-tronco neoplásicas em três linhagens de carcinoma mamário humano. meet.google.com/gii-tcpe-tyz
24/11 – 9h30 Mariana Mazzo Quintanilha Pedro Paulo Corbi SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIBACTERIANA E ANTIPROLIFERATIVA DE UM COMPOSTO INÉDITO DE Pt (II) COM S-ALIL-L-CISTEÍNA meet.google.com/vir-qfdg-obp
24/11 – 11hs Kauê De Oliveira Chinaglia José Luiz da Costa Desenvolvimento de método analítico para determinação de metilfenidato, etilfenidato e ácido ritalínico em amostras de fluido oral empregando cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas meet.google.com/seu-qapu-cop
26/11 – 9hs Isabella Caroline de Azevedo Karina Cogo Müller COVID-19 e o uso de antibióticos no manejo da doença e de infecções pulmonares secundárias: evidências científicas e impactos na saúde meet.google.com/xyv-vhhg-jha
26/11 – 15hs Isabela Monteiro Saturno Wanda Pereira Almeida O IMPACTO DAS FAKE NEWS NO USO INDEVIDO DE MEDICAMENTOS meet.google.com/icc-kavc-udb
29/11 – 8hs Anna Elisa Goebel Fernanda Viviane Mariano Brum Corrêa Estudo histológico comparativo de neoplasias cutâneas de pacientes transplantados (imunossuprimidos) e imunocompetentes. meet.google.com/upy-gkbs-uhe
29/11 – 10hs Giulia Santos Benutto Fernanda Viviane Mariano Brum Corrêa Estudo morfológico comparativo do infiltrado inflamatório intratumoral do Adenoma Pleomorfo e do carcinoma ex Adenoma Pleomorfo meet.google.com/kjz-pjpg-eyd

FCF está no AD Scientific Index

Recentemente, foi divulgado o ranking latino americano de desempenho científico, em que constam diversos docentes da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNICAMP, sendo reconhecidos como destaques entre seus pares nas comparações por país, região e Universidade.

O AD Scientific Index (Alper-Doger Scientific Index), ao contrário de outros sistemas que fornecem avaliações de periódicos e universidades, é um sistema de classificação e análise baseado no desempenho científico e no valor agregado da produtividade científica de cientistas individuais. Além disso, fornece classificações de instituições com base nas características científicas dos cientistas afiliados.

Esse novo índice foi desenvolvido pelo Prof. Dr. Murat ALPER (MD) e pelo Prof. Associado Dr. Cihan DÖĞER (MD) com base nos valores totais e dos últimos 5 anos do índice i10, índice h e pontuações de citação em Google Scholar.

Usando um total de nove parâmetros, o “AD Scientific Index” mostra a classificação de um cientista individual por 12 assuntos (Agricultura e Silvicultura, Artes, Design e Arquitetura, Negócios e Gestão, Economia e Econometria, Educação, Engenharia e Tecnologia, História, Filosofia, Teologia, Direito / Direito e Estudos Jurídicos, Ciências Médicas e da Saúde, Ciências Naturais, Ciências Sociais e outros), 256 filiais, 13.542 instituições, 206 países, 11 regiões (África, Ásia, Europa, América do Norte, América Latina, Oceania , Arab Leageu, EECA, BRICS, USAN e COMESA) e no mundo.

Acesse o ranking completo em:

https://www.adscientificindex.com/top-10000/Latin%20America%20Top%2010.000%20Scientists%20AD%20Scientific%20Index%202021%20Version%201.pdf?v1632941724

Processo Seletivo dos bolsistas do Programa de Incentivo em Toxicologia 2022.

 

DATAS IMPORTANTES:


1. INSCRIÇÕES: Serão efetivadas após o preenchimento das informações do formulário contido no link https://www.google.com/url?q=https://www.fcm.unicamp.br/eventos/evento/397&source=gmail&ust=1631977599950000&usg=AFQjCNHSgvScsoYWcD6P6yYkUkKt8cHcJQ”>https://www.fcm.unicamp.br/eventos/evento/397As inscrições terão início em 01/09/2021 e encerrando às 23h59 de 24/09/2021.
2. Curso remoto de Toxicologia e Toxinologia Clínica CIATox 2021: O endereço eletrônico para acesso ao curso, exclusivo aos alunos devidamente inscritos, será disponibilizado a partir do dia 01/10/2021 e encerrado no dia 24/10/2021.
3. 1ª FASE- PROVA ESCRITA (BOLSISTAS DE 1º, 2º E 3º ANO): Será realizada no dia 26/10/2021, às 19h, nos anfiteatros F1, F2 e F3, e no salão nobre da FCM/UNICAMP.
4. 2ª FASE- ENTREVISTA E ANÁLISE DE CURRÍCULO: A data será comunicada após a divulgação dos resultados da prova escrita, na página https://www.google.com/url?q=https://www.fcm.unicamp.br/fcm/ciatox-de-campinas&source=gmail&ust=1631977599950000&usg=AFQjCNEtAlZilL2G1qbu70H0V2Y0SNKaAw”>https://www.fcm.unicamp.br/fcm/ciatox-de-campinas
PROCESSO SELETIVO PARA OS BOLSISTAS DO 1º ANO (E1)
§1º: Pré-requisitos:
• Ser aluno regularmente matriculado na FCM/UNICAMP, e já ter cursado ou estar cursando a disciplina MD643 (Semiotécnica e Propedêutica).
• Ser aluno regularmente matriculado na FENF/UNICAMP, e já ter cursado ou estar cursando a disciplina EN504 (Processo de Cuidar do Adulto e Idoso).
• Ser aluno regularmente matriculado na FCF/UNICAMP, e já ter cursado ou estar cursando as disciplinas FR608 e FR609 (Farmacologia Básica I e II), e a disciplina FR041 (Tópicos Especiais em Ciências Farmacêuticas III – estágio em toxicologia no CIATox).
• Ter acessado todas as aulas remotas do Curso Toxicologia e Toxinologia Clínica CIATox 2021.

PARA OS BOLSISTAS DO 2º E 3º ANO (E2 e E3)

§1º: Pré-requisitos:
• Para os E2: ter sido bolsista E1 do CIATox de Campinas no ano de 2021.
• Para os E3: ter sido bolsista E2 do CIATox de Campinas no ano de 2021.
• Não ter recebido nenhuma advertência por escrito durante o estágio.
 
OBS: O aluno que efetivar a matrícula no sistema da DAC, deverá fazer a inscrição no link de eventos da FCM, para que não tenha problema no lançamento da frequência/nota.
Só poderão ter acesso às aulas remotas os alunos devidamente inscritos.
 
O conteúdo completo das informações como: edital, datas e o formulário de inscrição estará disponível, no link de eventos da FCM, a partir do dia 01/09/2021.
 
 

FCF participa da UPA 2021.

A edição deste ano do programa Unicamp de Portas Abertas, UPA 2021, tem início nesta terça-feira (20). A programação conta com painéis em que serão discutidos grandes temas que passam pela atuação da Universidade, como inovação e empreendedorismo; produção científica e tecnológica durante a pandemia; e formas de garantir um futuro mais sustentável e com respeito aos direitos humanos. Haverá ainda atividades e bate-papos com professores e alunos dos cursos de graduação da Unicamp, além de vídeos que permitem um tour pelos campi e apresentam a infraestrutura e serviços disponíveis aos universitários. Para quem pensa em prestar o vestibular da Unicamp, a Comvest realiza lives e bate-papos sobre as modalidades de ingresso na universidade, organização das provas e políticas de inclusão e permanência voltadas aos estudantes. 

Para este ano teremos uma programação virtual. Assim sendo, a Coordenação de Graduação e a Comissão de Organização da UPA – FCF – UNICAMP, gostariam de convidá-los para participarem das atividades da FCF.
       
 
Live 1: Graduação em Farmácia e Profissão Farmacêutica
 
Descrição da Atividade:
 
Nessa atividade, será feita uma apresentação sobre a Graduação em Farmácia na FCF-UNICAMP, da instituição, da estrutura do curso e seu funcionamento. Os alunos de graduação (monitores) farão também uma apresentação sobre as áreas de atuação do profissional farmacêutico. Na atividade, terá espaço aberto para perguntas e dúvidas sobre a Graduação.  
 
Data da atividade e horário:
 
21/07/2021 das 16:00 às 17:30
 
Duração programada: 1 hora e 30 min
 
Link: https://www.youtube.com/watch?v=wrEqCtYtaW0
 

 
 
Live 2: Instituições Estudantis e a vida na Universidade
 
Descrição da Atividade:
 
Durante a live a ser realizada no evento Unicamp de Portas Abertas, as instituições estudantis da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unicamp (AAAFARMA, SAF, CAFARMA, pH, LAcTox e Coletivo Perséfone) irão realizar uma apresentação sobre cada instituição e como elas se organizam no dia a dia, além de chamarem os alunos para prestarem um depoimento sobre suas experiências dentro da faculdade.
 
Data da atividade e horário:
 
22/07/2021 das 16:00 às 17:30
 
Duração programada: 1 hora e 30 min
 
Link: https://www.youtube.com/watch?v=vZ3ATjEIigo
 

 
Para ter acesso à programação completa, acesse: https://www.upa.unicamp.br/programacao-2021

TCC do 1º Semestre de 2021

A Secretaria de Graduação divulga o cronograma de Defesas dos Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC do 1º Semestre de 2021. As sessões são públicas e podem ser acompanhadas através da plataforma Google Meet utilizando o link da respectiva defesa.
 
Solicita-se aos espectadores acessem a sala virtual com antecedência ao horário programado para o início da sessão e mantenham microfone e câmera desligado para não atrapalhar o andamento da apresentação pelo aluno.
Para usuários externos ao domínio Unicamp é necessário que solicite autorização para entrar na sala após acessar o link. A autorização pode se dar em até alguns minutos.
 
Data Horário Nome do Aluno Orientador Título do Trabalho Link
07/06/2021 09:00 Júlia Martinelli Magalhães Kahl Prof. Dr. José Luiz da Costa Quantification of amphetamine and derivates in oral fluid by dispersive liquid-liquid microextraction and liquid chromatography-tandem mass spectrometry meet.google.com/nyz-ethi-dei
07/06/2021 16:00 Leonardo Costalonga Rodrigues Prof. Dr. José Luiz da Costa Green analytical toxicology (GAT) – use of liquid-liquid dispersive microextraction (DLLME) to the analysis of 11-nor-Δ9-tetrahydrocannabinol-carboxylic acid (THC-COOH ) in urine samples meet.google.com/cfh-mvuo-qgj
09/06/2021 09:30 João Vítor Souza de Mattos Pro. Dr. Paulo Cesar Pires Rosa Estabilidade de Medicamentos Cefaclor Suspensão e Comprimidos meet.google.com/ntg-akeu-jny
10/06/2021 10:00 Isabela Iugas Correia Prof. Dr. Rodrigo Ramos Catharino FITOCOSMÉTICOS: PERCEPÇÕES DO CONSUMIDOR meet.google.com/yjq-uvqo-vha   
11/06/2021 10:00 Giulia Sartori Bruniéri Profª Drª Taís Freire Galvão Potential drug interactions in adults living in Manaus: a comparison of two databases meet.google.com/tgy-fjpo-joz
11/06/2021 10:00 Ana Cláudia Beneton Galeriani Profª Drª Wanda Pereira Almeida  Medicamentos investigados e reposicionados na COVID-19 meet.google.com/dwm-gran-opn
11/06/2021 14:00 Pedro Henrique Gibim Fracaro Profª Drª Wanda Pereira Almeida  O efeito de Acil-Hidrazonas sobre marcadores da Doença de Alzheimer: uma abordagem computacional meet.google.com/npc-domf-byn
14/06/2021 14:00 Juliana Marques de Oliveira Profª Drª Patricia Moriel MICRORNAS COMO POSSÍVEIS BIOMARCADORES DE NEFROTOXICIDADE INDUZIDA PELA CISPLATINA EM PACIENTES COM CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO meet.google.com/qth-vujo-zjf
14/06/2021 14:00 Carolina Esquezaro Lopes Prof. Dr. Daniel Fábio Kawano  Compostos bioativos com potencial terapêutico no tratamento experimental de depressão e ansiedade: uma revisão da literatura meet.google.com/cnf-wfnr-sss
14/06/2021 16:00 Beatriz Andrade Moysés Prof. Dr. João Ernesto de Carvalho Levantamento etnofarmacológico de Plantas Medicinais utilizadas entre alunos do Programa UniversIDADE e possíveis relações com sua ancestralidade.  meet.google.com/juh-njbx-zqv
15/06/2021 08:00 Laura Oliveira Nascimento de Araujo Profª Drª Carmen Veríssima Ferreira Halder "Aumento da resposta de células de câncer colorretal ao quimioterápico Vemurafenib através da sensibilização com 3-Bromopiruvato". meet.google.com/jgp-bjsv-aoi
15/06/2021 09:00 Raquel Soares Cardoso Prof. Dr. Daniel Fábio Kawano  Lipídeos com potencial terapêutico: propriedades, limitações e perspectivas meet.google.com/uqj-vihd-gmc
15/06/2021 15:00 Bárbara Bortolozzo Ribeiro Profª Drª Cristina Elisa Alvarez Martinez Distribuição do sistema de secreção de proteínas do tipo VI em isolados hospitalares e ambientais da bactéria Stenotrophomonas maltophilia meet.google.com/iiw-owmr-rjp
16/06/2021 14:00 Henry Kim Young Lin Prof. Dr. João Ernesto de Carvalho Reincorporação do extrato aquoso proveniente do preparo de cogumelos cozidos em conserva para a cadeia de consumo – Potencial nutracêutico meet.google.com/qhe-bbqw-bmd
17/06/2021 13:00 Isabela Ribeiro Possebom Prof. Dr. José Luiz Proença Módena Utilização do software CellProfiler para análises de imagem de triagens de compostos para doenças infecciosas: Aplicações em Doença de Chagas e Covid- 19" meet.google.com/dwp-bvyc-avb

 

O Professor Dr. José Luiz Costa, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, atuará como assessor da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

Profile
Profile

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unicamp recebe com alegria o convite feito pelo Prof. Dr. Fernando Antônio Santos Coelho, Pró-Reitor de Extensão e Cultura, ao Prof. Dr. José Luiz Costa para compor a equipe da PROEC na condição de Assessor Docente de Gabinete.
José Luiz Costa, possui graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Federal de Alfenas (2001), mestrado em Toxicologia e Análises Toxicológicas pela Universidade de São Paulo (2004), doutorado em Química (Química Analítica) no Instituto de Química da Universidade de São Paulo (2008), pós-doutorado na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (2010) e no National Institute on Drug Abuse (NIDA-NIH, Baltimore, MD, EUA, 2013-2014). Foi Perito Criminal da Superintendência da Polícia Técnico-Científica de São Paulo (2002-2016), Diretor Científico da Associação Brasileira de Centros de Informação e Assistência Toxicológica (ABRACIT, 2017-2018) e Presidente da Sociedade Brasileira de Toxicologia (SBTox, 2012-2013). Em 2012, recebeu a Medalha do Mérito da Polícia Técnico Científica “Governador Mário Covas”, maior honraria da Polícia Técnico Científica do Estado de São Paulo. Atualmente é Professor Doutor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual de Campinas e Coordenador Executivo do Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Campinas (CIATox-Campinas). Possui experiência nas áreas de toxicologia e química analítica instrumental, com ênfase em análises toxicológicas de emergência e forense, análise drogas de abuso, fármacos e praguicidas, técnicas de separação em fase gasosa (cromatografia gasosa) e em fase líquida (cromatografia líquida de alta eficiência e eletroforese capilar), espectrometria de massas aplicada às análises de interesse clínico e forense.
Em nome da comunidade da Faculdade de Ciências Farmacêuticas parabenizamos o Prof. José Luiz e desejamos muito sucesso no novo desafio junto à PROEC.

PROJETO INSPEQT: Investigação de novas substâncias psicoativas em Química e Toxicologia Forense

As Novas Substâncias Psicoativas (NSP), são drogas de abuso produzidas em laboratórios clandestinos, por síntese química a partir de substâncias precursoras encontradas ou não na natureza. Podem ser sintetizadas, por exemplo, por pequenas modificações na estrutura de moléculas que já possuam atividade biológica conhecida.
Estas drogas são conhecidas como legal highs, termo demonstra uma característica importante deste grupo de substâncias psicoativas: proporcionar ao usuário efeitos semelhantes aos produzidos pelas drogas de abuso “tradicionais”, porém sem a classificação de substância ilícita ou controladas internacionalmente, como a cocaína, metanfetamina, ecstasy (MDMA) e LSD.
 
As NSP são um fenômeno global e emergente, com 111 países tendo reportado a apreensão e a identificação de mais de 800 compostos, dentre os quais estão canabinoides sintéticos, estimulantes, alucinógenos, opioides sintéticos, benzodiazepínicos e drogas derivadas de plantas. 
As NSP têm desafiado as abordagens tradicionais de monitoramento, vigilância, controle e medidas de proteção à saúde pública com relação ao tráfico e abuso de drogas. Dificuldades específicas incluem a grande quantidade e diversidade de substâncias classificadas como NSP, a velocidade com que elas entram e saem do mercado ilícito, as diferentes formas de apresentação das drogas, a dificuldade de identificação química das NSP e o desconhecimento da potência e gama de seus efeitos tóxicos em usuários.
 
Desta forma, o projeto INSPEQT tem por objetivo o desenvolvimento de estratégias de identificação química destes NSP, tanto na droga bruta apreendida (em suas diversas apresentações) como em amostras biológicas de interesse toxicológico forense (urina, sangue e fluido oral), bem como o entendimento dos efeitos tóxicos que podem ser causados por estas substâncias. 
 
Trata-se de uma iniciativa inédita no Brasil, que reunirá esforços de pesquisadores e alunos de pós-graduação da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual de Campinas, com Peritos Criminais do Instituto Nacional de Criminalística-Polícia Federal, da Superintendência da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo e da Coordenadoria-Geral de Perícias do Estado de Sergipe. O projeto conta ainda com a colaboração de pesquisadores internacionais do The Center for Forensic Science Research and Education (CFSRE) e do Institute of Emerging Health Professions- Thomas Jefferson University (Pensilvânia, EUA). 
 
O projeto INSPEQT será financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), através do Edital 16/2020 – Programa de Cooperação Acadêmica em Segurança Pública e Ciências Forenses (PROCAD). 
 
Como resultado esperado do INSPEQT, espera-se a construção de uma rede de conhecimento e de monitoramento robusta e integrada do fenômeno das NSP em nosso país, com métodos analíticos e bioanalíticos desenvolvidos e validados, dados de incidência de NPS em diferentes regiões do Brasil e informações toxicológicas dos efeitos e níveis de concentração encontrados nas amostras biológicas. Esse conhecimento agregado poderá ser futuramente replicado para as outras regiões do país.
 
 
 

Projeto da FCF é selecionado entre melhores trabalhos de toda a Universidade e recebe “Prêmio Inova UNICAMP de Iniciação à Inovação”

 

A Agência de Inovação da UNICAMP (INOVA) promoveu em 09/12/2020 o “Prêmio Inova UNICAMP de Iniciação à Inovação”, com o objetivo de valorizar alunos e docentes da Universidade que desenvolveram pesquisas com potencial de geração de produtos para a sociedade. Foram mais de 470 trabalhos submetidos na área de Biológicas oriundos de diversos grupos de pesquisa de toda a Universidade. Dentre eles, o projeto do recente grupo de pesquisa liderado pelo Pesquisador Colaborador da FCF/UNICAMP, Dr. André Lopes (JP/FAPESP), foi selecionado entre os 9 melhores projetos, sendo o vencedor na área de Biológicas. O trabalho científico premiado é fruto de um interessante projeto de pesquisa de iniciação científica financiado pela FAPESP (processo #2019/08549-8), desenvolvido por Mayra Câmara, aluna do 8º semestre do Curso de Farmácia. O trabalho da Mayra, premiado pelo INOVA, intitulado: "Encapsulação de fármacos hidrofílicos e hidrofóbicos em nanoestruturas do tipo polimerossomos", tem aplicação na terapia do câncer e vem sendo desenvolvido no Laboratório de Farmacotécnica e Cuidado à Saúde (LaFaTeCS) da nossa Faculdade.

Parabéns Mayra! Você é orgulho para a nossa Faculdade e semente próspera da Ciência brasileira.